China Russia Alemanha Espanha Franca Inglaterra Dinamarca Portugal

Tomadas medidas no combate à vespa-das-galhas do castanheiro

Adicionada: 09 de Maio 2017

Mini_0

A luta biológica para o combate à vespa-das-galhas do castanheiro já iniciada no ano passado pela Câmara Municipal de Mesão Frio, através do seu Gabinete Técnico Florestal, volta a ser levada a efeito. Desta vez, foram realizadas duas largadas na freguesia de Vila Marim, mais concretamente no lugar de Donsumil, local com maior produção de castanha no concelho, para evitar prejuízos. Com as largadas do parasitoide Torymus Sinensis, realizadas no ano transato, a dispersão desta praga tem vindo a verificar-se, o que era expectável, atendendo à facilidade com que os insetos se reproduzem e instalam, às taxas de infestação constatadas e, por outro lado, à necessidade de reforçar o combate implementado, introduzindo novamente o parasitoide nesta primavera. A aquisição do parasitoide de nome científico Torymus Sinensis deve-se a um protocolo instituído com o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e a Câmara Municipal de Mesão Frio. Cada largada consiste pelo menos, num conjunto de 120 fêmeas e 70 machos de Torymus Sinensis. Cada fêmea põe em média 70 ovos em galhas recém-desenvolvidas. A larva de Torymus alimenta-se da larva de vespa das galhas do castanheiro e no início da primavera eclodem os Torymus da primeira geração. A autarquia de Mesão Frio tudo continua a fazer para salvaguardar os interesses dos seus agricultores.



Newsletter

Fique a par de todas as novidades. Subrescreva a nossa newsletter.